quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Quanto tempo o tempo tem. (parte2) "na onda do eu escolhi esperar."

Para entender o tempo poderia usar a definição Newtoniana, a Relativista de Einstein ou qualquer uma daqueles pensadores e filosos gregos, e como nenhum deles sabem mais que o próprio altor do tempo aprendi com o melhor "O próprio DEUS".

 Eclesiastes 3.1 onde a  palavra de Deus nos fala que há tempo determinado para todo propósito debaixo do céu aprendi que:

“Há tempo para nascer”: Tudo tem um começo, não podemos nos antecipar e nem demorar demais. Começar um relacionamento exige estarmos prontos para as imprevisibilidades dessas situações e de termos recebido a bênção de nossos pais, dos pais da outra pessoa, de Deus e dos líderes espirituais.

“Há tempo de morrer”: Mesmo não querendo, às vezes precisamos entender e perceber quando um relacionamento não tem futuro. É melhor um término de namoro ruim a um divórcio traumático lá na frente.

“Há tempo de plantar”: As pessoas não nascem prontas e muitas vezes queremos que nosso namorado ou namorada mude e se adapte ao nosso modo de vida. Queremos que ele (ela) já tenha todas as características que sonhamos. Precisamos investir tempo nas pessoas e respeitar suas personalidades, tudo isso sem jamais tolerar o pecado.

“Há tempo de colher”: Quando investimos tempo e temos paciência com o outro, colhemos o amadurecimento de nossa relação, vale a pena esperar a hora certa.

“Há tempo de matar”: Precisamos “matar” o nosso “eu” na relação, uma hora ou outra isso será importante para o bom andamento do relacionamento. Porém, não adianta apenas um fazer isso, a renúncia deve ser mútua para que o relacionamento dê certo.

“Há tempo de curar”: Feridas vão aparecer durante o relacionamento. Muitas vezes queremos resolver do nosso jeito uma situação problemática. Muitas vezes queremos fazer isso desesperadamente, mas feridas precisam cicatrizar para serem curadas e isso exige temperança e longanimidade.

“Há tempo de derribar e construir”: Projetos surgem de um namoro e nem sempre darão certo, quando o projeto não passa por Cristo, ele está fadado ao fracasso e deve ser derrubado por mais que o casal não goste. Aprendam a construir juntos os projetos de Deus para o namoro.


Nenhum comentário:

Postar um comentário