quarta-feira, 9 de maio de 2012

Pin Up gospel?


Elas surgiram nos anos 40 e 50, era o passatempo entre os soldados americanos pendurar (em inglês, pin-up) fotos de mulheres bonitas em seus alojamentos. Eram fotos que constituíam um incentivo para as tropas. Com o tempo, foi se estabelecendo um padrão específico. Pin-up passou a ser necessariamente uma mulher volup-tuosa, com ar clássico e retrô, e muito feminina, cabelo vintage,  e uma postura provocante, porém com algo de ingênuo, elas usam  vestidos, saias e blusas de botão, cintura bem marcada salto alto e meias 7/8.
 Essa composição lembram algum estilo que você viu em algum lugar? Se você respondeu  algumas igrejas, é isso ai, essas peças poderiam fazer um look maravilhoso no meio gospel mas,  ao contrario disso mostra mulheres com ar
sensual e um leve toque de inocência, mas esse post não é pra falar soube roupas e sim a conduta adotada por nós mulheres se é de uma pin-up ou de uma mulher virtuosa?
O texto de I Tm 2.9-10 diz: Que do mesmo modo as mulheres se ataviem em traje honesto, com pudor e modéstia, não com tranças, ou com ouro, ou pérolas, ou vestidos preciosos, mas (como convém a mulheres que fazem profissão de servir a Deus) com boas obras.
  • Pudor é “sentimento de vergonha, timidez, mal-estar, causado por qualquer coisa capaz de ferir a decência, a modéstia, a inocência”
  • Modéstia é comedimento, desprendimento, moderação, despretensão etc. Uma clara virtude cristã.
Paulo está nos ensinando um princípio que serve para todos os cristãos, apesar do texto direcionar a recomendação para as mulheres cristãs. O texto deixa bem claro que não devemos nos vestir para impressionar outrem ou para provocar lascívia e por mero exibicionismo. A mulher descrita por Paulo e pelo escritor de provérbios não é nem de longe será  uma pin up mesmo que as roupas sejam parecidas, seu coração é modesto e puro, não são como os das filhas de sião descrito em Isaias 3. 16 a 21 que apesar de todos as suas roupas e acessorios de senhoras honradas foi visto desonra nelas.

 No texto de I Pe 3. 3-4 está ensinando que a beleza mais importante é a interior a sensualidade tem que ser deixada de lado (tanto no interior como no exterior) para sermos verdadeiras mulheres virtuosas, nos comportando com pudor e modéstia como dizia Paulo longe se sermos iguas as filhas de Sião descritas por Isaías, não é as roupas que fara isso como citou Pedro, sim o nosso interior que ira refetir no nosso exterior, nada de aparencia somos chamas para ser santas como a noiva do cordeiro, isso não quer disser para seremos bregas, esperer isso é o tema do outro poster que estou preparando para sexta: "Crente sim! brega, nunca ".

E ai você uma pin-up ou uma mulher virtuosa?

Um comentário: