segunda-feira, 7 de maio de 2012

Prazer Infinito


"É uma loucura querer se contentar com uma poça de lama de prazer, quando você tem um oceano de prazer à sua espera na presença do Deus Trino."
O pregador do século XVIII,  Thomas Chalmers, em seu sermão clássico "O poder expulsivo de uma nova afeição," demonstrou como a maior potência na morte de um desejo pecaminoso não é apenas por insistir no desejo pecaminoso, mas em substituí-lo com um santo novo e maior desejo. 
A promessa de experimentar prazeres pecaminosos lascivos em quase qualquer momento através de sua conexão de internet é difícil contra-argumentar, a menos que você substitua com um prazer superior, então torna-se fácil.
Jesus disse que é o puro de coração, que verão a Deus ( Mateus 5:8), e o salmista nos diz que, na presença de Deus a infinitos prazeres ( Salmo 16:11 ). 
Em vista desta realidade, o desejo de ver Deus, que dá prazer eterno supera de longe o desejo lascivo temporal da pornografia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário